Pular para o conteúdo principal

[ RESENHA] Switch Girl


" Um dia sem rir é um dia desperdiçado"! 
E se você ainda não riu ao menos uma vez no dia de hoje assista esse maravilhoso mini j-drama.


Switch Girl é um mangá criado por Aida Matsumi que vendeu cerca de 5 milhões de cópias. Devido ao sucesso extraordinário foi adaptado para dorama. 
A história gira em torno da estudante Tamiya Nika, aparentemente linda, charmosa, carismática e atualizada nas tendências da moda. Ela é a garota mais popular de toda a escola e todos os garotos a admiram sem que esta precise fazer o menor esforço.
Entretanto, a garota esconde um grande segredo que pode ameaçar essa vida perfeita...
Qual segredo Nika esconde? Como um segredo poderia ser tão pernicioso?
Eu adoro contar spoilers, então vamos voltar ao enredo sem mais delongas kkkk
Essa Nika é apenas uma personalidade falsa, desenvolvida especialmente para esconder seu verdadeiro eu. Em casa, Tamiya entra em modo off, ou seja, se descuida com a aparência, vestindo uma roupa rosa fofa, porém bem esquisita, cabelos presos em um penteado estranho, óculos, calcinhas seguras( aquelas enormes kkk), come muito e para piorar não tem higiene. Meu Deus, o quarto da moça é um lixão. Não estou exagerando, pois lá encontramos até comidas velhas (risos).
Certo dia um estudante chamado Arata é transferido para o colégio dela e os dois se encontram, mas este não se interessa por Nika a primeira vista. Isso foi ultrajante para nossa querida protagonista, afinal como ele pôde rejeitar a garota mais desejada do colégio?  A partir daí começamos a notar interesse por parte dela.
Pouco tempo depois eles se veem no mercado e conversam. Ele no modo on e ela no modo off. Não darei muitos detalhes porque se não perde a graça.






A Nika é a menina mais sem noção que eu conheci nos doramas de toda a minha vida. Até hoje eu não consigo acreditar que ela peidou na frente de um garoto. E o pior, de um namorado em potencial!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Por favor não façam isso! kkkk
Espero que tenham gostado do gift.
Aposto que não acreditaram quando eu falei sobre o quarto dela né kkk


Ela ainda trouxe ele nesse quarto kkkk. Eu nunca faria isso

Agora algumas fotos lindas da Nika e do Arata










 Como podem ver tem muita foto do Arata, mas o que eu posso fazer se ele é um japonês sedução né gente.










Não consigo parar de rir, melhor foto! Pensa sua mãe vendo isso?
Assistam para saberem o que acontece com a Nika quando a família dela chega.








Switch Girl está de parabéns! Com certeza entra no meu top 5 de j-dramas, pois foi o mais engraçado que já vi dessa categoria. Fugiu daquela coisa dramática que os japoneses tem porque até quando tinha situações dramáticas e difíceis os personagens conseguiram superar com boas doses de humor.  
Garanto que amei quem fez o roteiro... Ninguém morreu, ufa! kkk isso é bem comum para os japoneses.
O ator que fez o Arata é muito talentoso e conseguiu me cativar completamente. Ele é fofo e lindo ao mesmo tempo, amei o jeito misterioso dele no começo. Gostei bastante dele aceitar a Nika como ela realmente é, maluquinha, desorganizada, relaxada, com aquelas roupas todos os dias, imaginação fértil demais. Só digo uma coisa: coitado do Arata na 2 temporada.
A personagem que interpretou a Nika também interpretou com louvor o seu papel e achei o visual fiel ao mangá. Ela super combinou com a personagem! Não poderia haver melhor escolha para atriz principal. Ainda não li o mangá, mas pretendo lê-lo algum dia. Quando vi o dorama notei algumas semelhanças entre este e o anime Karekano. Relaxem porque tentativa de plágio está fora de cogitação. O Arata é diferente do garoto de Karekano.

A química do casal foi perfeita! Nada daquela coisa sem emoção. Eles souberam se expressar com êxito. 
Não percam mais nem um segundo e venham assistir esse j-drama envolvente e cômico. Se você está passando por uma fase difícil como eu ou deseja presenciar algo extremamente divertido assista Switch Girl e prepare- se para amar Arata e Nika  e aguentar suas confusões!
































Comentários

  1. Adorei a resenha,terminei esse dorama agora e nunca imaginei que riria tanto kkkkkkkkkk perfeito com a dose certa de romance sem frescura e dramalhao,adorei sem reservas!!!Parabens pela resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é bem hilário! Esse está na minha lista para ver! Obrigada pelo carinho e por comentar aqui
      Continue a nos acompanhar

      Excluir
    2. Fico muito contente que tenha adorado minha resenha, pois foi muito prazeroso escrevê-la. Realmente esse dorama é muito engraçado e tem a dose certa de romance sem muito drama, o Arata É lindo kk
      Obrigada por comentar e desculpa a demora em responder, mas só vi agora.
      Logo vou fazer a resenha da segunda temporada desse dorama, aguarde kk

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Impressões finais do dorama While You Are Sleeping

Annyeonghaseyo chingus! Eu não ia fazer resenha agora sobre While You Are Sleeping, mas o dorama estava tão bom que foi impossível deixar minhas observações para depois. Olha a sorte de vocês kkkkkk Podem ficar tranquilos, a resenha não posssui nenhum grande spoiler, apenas alguns fatos importantes.

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…