Pular para o conteúdo principal

Neocolonialismo: A Partilha da Ásia e da África

No século XIX, em meio ao contexto da chamada Segunda Revolução Industrial, as potências europeias buscavam maiores quantidades de matéria prima a baixo custo, além de aumentar suas áreas de influência. A "solução" encontrada por eles foi recorrer aos territórios da Ásia e da África

Acontece que a "influência europeia" nestas regiões não se restringiu apenas no que diz respeito à economia, como também impuseram sua hegemonia militar, política e social àqueles povos. Entretanto, deve-se observar que a Partilha Afro-Asiática foi realizada de formas desiguais, gerando conflitos entre os povos que tiveram que ser reagrupados sob o comando dos europeus

No que se refere à Conquista da África, destacam-se os belgas, que tomaram posse do Congo e os franceses que se apossaram das regiões do Marrocos, Tunísia e a Argélia. Os ingleses não perderam tempo e avançaram ao Egito e a região sul da África, a qual era ocupada pelos bôers, descendentes de holandeses que ali residiam. O conflito entre os britânicos e os Bôers desencadeou a conhecida Guerra dos Bôers (1899 a 1902). A fim de decidir quem ocuparia o centro da África, estabeleceu-se a Conferência de Berlim para a partilha do território

Em relação à Conquista da Ásia, os principais territórios de exploração foram a Índia e a China. A penetração britânica em território chinês deu-se pelo comércio ilegal de Ópio, que por sua vez desencadeou a Guerra do Ópio.
A Índia também resistiu à imposição inglesa, e entretanto, não obteve sucesso em um primeiro momento, e sendo assim, a Coroa Inglesa acabou com a Companhia das Índias Orientais e anexou a Índia ao Império Inglês.

A França conquistou a até então chamada "Indochina", conhecida posteriormente como "Indochina Francesa", local que atualmente compreende os territórios do Vietnã, Laos e Camboja. Só foi denominado "Indochina" porque eram regiões que se situavam entre a China e a Índia

A Malásia foi um território disputado por três grandes nações: Portugal, Holanda e Inglaterra (de novo!). Outra região disputada foi a Manchúria, situada ao nordeste da China, que era cobiçada pela Rússia e pelo Japão. Daí se originou a Guerra Russo-Japonesa.

Mas, você leitor deve estar se perguntando: Por que o Japão, se é um país da Ásia?
Bem para tudo tem um motivo, e uma explicação, a qual darei agora:
No século XIX, o Japão ainda era uma nação "fechada". Entretanto, na segunda metade do século XIX, os EUA forçaram o avanço da economia japonesa. Com a entrada de características e valores vindas do ocidente, o país se transformou rapidamente, fato que ficou conhecido como Revolução Meiji.

Assim, no início do século XX, o Japão decide entrar na Corrida Imperialista, de forma a ampliar suas áreas de influência, tal como as demais nações imperialistas. Envolveu-se na disputa pela Manchúria (mencionada anteriormente) e tomou posse da Coreia, no período compreendido entre os anos de 1910 a 1945, quando a Coreia se tornou um país independente.

Fontes de Pesquisa: 
http://brasilescola.uol.com.br/historiag/neocolonialismo.htm
http://www.tancredoprofessor.com.br/conteudo/24/imperialismo,-a-expansao-colonial-sobre-a-asia-e-a-africa
http://www.coladaweb.com/historia/neocolonialismo
http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=252
http://mundoestranho.abril.com.br/geografia/o-que-era-a-indochina/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…

[Resenha] Bride of the Water God - O dorama que me conquistou

Olá amantes da cultura asiática! Hoje tenho o prazer de lhes trazer a resenha de mais um grande lançamento de 2017. Pelo título vocês já devem saber qual é! Isso é bem óbvio kkkk
A cada dia que passa o meu amor pela TVN aumenta de forma inacreditável... Ultimamente essa emissora só lança doramas com alto potencial. Parabéns aos donos, executivos,diretores, especialmente aos roteiristas. Não me decepcionem! Ultimamente esta tem apostado em temáticas que envolvem deuses e digo com propriedade: foi uma decisão acertada, uma vez que essas histórias nos envolvem completamente em um mundo envolto por fantasias mescladas à realidade.



                                          Título: Bride of The Water God
                                          Episódios: 16
                                          Ano: 2017
                                         Gênero: Fantasia/Romance
                                         Idioma: Coreano / Legendado em português-br.
                                      …