Pular para o conteúdo principal

[Fanfic] Novos Começos - Capítulo 6

Eu e Makoto finalmente estávamos na reta final de nossos estudos. Foram apenas mais alguns dias para revisarmos o conteúdo que vimos durante semanas, mas ele me disse que na última semana era para eu descansar bastante, pois logo seria a nossa viagem à Europa. Segui o conselho dele e resolvi fazer algo mais light para passar o tempo, geralmente programas de família, para desde já compensar o tempo que estaria ausente, longe de casa.

Às vésperas da partida para Londres arrumei as minhas malas com todos os itens necessários; roupas de inverno, blusas, calças, camisetas e até mesmo alguns vestidos (vai que o tempo muda e decide sair sol bem no inverno... nunca se sabe). Em uma bolsa pequena coloquei o meu passaporte e meu celular. Tudo pronto!

As horas passam, e finalmente chega o dia de partir... (24 horas são bem pouco, de fato).
Todos nós estávamos muito ansiosos com a ida à Inglaterra, e eu meus amigos combinamos de nos encontrarmos no aeroporto depois de despedirmos de nossas famílias. Andou decidiu que iria passar um tempo a mais na Yumetsuki e ajudar o quanto pudesse. Hanabusa por sua vez, resolveu despedir-se de sua mãe auxiliando na decoração com flores de Ikebana e contemplar um pouco dessa arte milenar. Kashino ligou no celular de sua (sádica/doce) irmã para avisá-la que partiríamos logo. Ela respondeu dizendo que era para ligar novamente quando chegássemos ao nosso destino, e que dentro de alguns dias ela também chegaria à Londres, como parte de seu estudo em Medicina.
Quanto a mim... Dei um último abraço bem apertado em minha família, com aquele sentimento de alegria por estar conquistando algo, mas que deixa saudade mesmo antes de partir. Desejei tudo de bom a eles e boa sorte a Natsume nos próximos concursos de piano que surgissem; aconselhei que fizesse seu melhor sempre, independente dos resultados, e minha irmãzinha me desejou o mesmo. Nos abraçamos um pouco mais e lágrimas escorreram de nossos rostos.
Aproveitamos aquele nosso momento família ao máximo e depois de nos acalmarmos um pouco, eu finalmente me despedi com palavras:
Tenho que ir, mas eu volto. Amo muito vocês!
Nós também te amamos muito! os ouvi exclamarem enquanto eu saía de casa, deixando a porta encostada. Com a porta entreaberta, eu li a expressão de meus parentes uma última vez (agora era a última mesmo). Era óbvio que nenhum de nós queria que eu partisse, mesmo que fosse apenas por algum tempo. Mas de alguma forma eu senti que minha família tinha acabado de me dar forças e esperança e por isso, poderia seguir em frente com toda a segurança e tranquilidade.

Para não me atrasar (eu sempre me atrasava) ao menos daquela vez, peguei um táxi para ir ao aeroporto. Milagrosamente, eu cheguei na hora combinada com meus amigos, e até eles se surpreenderam. Vendo a surpresa que tinham no olhar (até mesmo a dele), Kashino foi o primeiro a se pronunciar:
Ela tomou jeito nesses últimos tempos
Suspirei. “Tinha que ser você, Makoto”, pensei.
Por que diz isso? quis saber Andou
Bem, eu tive que ensinar inglês à Ichigo e por isso, ela tinha que ser pontual com os compromissos ele se explicou, tentando soar indiferente.
Ah, agora tá explicado Andou esboçou um sorriso.
Agora ela tem que melhorar essa cara de cansada comentou Chocolat, a companheira de Kashino
Ei, olha o que fala da Ichigo! Ela só cansou por causa das malas, tá? Mas estava bem disposta! rebateu Vanilla, meu Espírito dos Doces.
Deixa, Vanilla, ela é igual ao parceiro! Não deixa passar nada comentei
Nesse momento, Makoto me olhou de canto revirando olhar para mim, mas no fim, ele falou, com o rosto um pouco, daquele jeito dele que aprendi a gostar:
Bem, acho que você aprendeu alguma coisa sobre mim, Ichigo.
Ainda tínhamos algum tempinho de sobra quando ouvi passos (que não me eram estranhos, de algum modo) até que uma voz familiar disse:
Olá, Ichigo-chan! a voz soava alegremente
Vire-me para ver de quem se tratava e saber se eu estava realmente certa (eu reconheço aquela voz de longe) e me deparei com duas amigas minhas: Kato Rumi (como imaginava, aliás, sabia) e Koizumi Kanako
Rumi-chan! Kana-chan! exclamei, chegando mais perto delas Que surpresa boa ver vocês aqui!
Nós também estamos felizes em te ver, Ichigo-chan respondeu a Kana-chan, tímida como sempre Aliás, estamos felizes em revê-los todos vocês também ela completou, olhando na direção dos rapazes, e em resposta eles abriram um sorriso tímido, sem dizer nada.
Na verdade, a alegria toda da Kana-chan tem um motivo especial... começou a Rumi-chan, deixando nossa amiga corada.
Vamos mudar de assunto sugeriu Andou O que as trazem aqui?
Não viram as malas? perguntou a Rumi-chan, presunçosa, apontando para as malas.
Isso quer dizer que... comecei
Nós também vamos para Londres! falaram as duas garotas em uma só voz
O quê??? gritamos nós quatro totalmente surpresos com a notícia
Calma gente! Vou explicar melhor   a Rumi-chan começou, e todos nós tínhamos nossos  olhares voltados para ela
Ficamos sabendo do projeto do Henri-sensei, porque não se fala em outra coisa por aqui. De qualquer maneira queríamos fazer a viagem com vocês, mas não sabíamos como. Foi então que falei com Henri-sensei, o próprio, perguntando se havia algum jeito de nos ajudar. Ele disse que poderíamos ser “ajudantes” na loja de vocês, porque ele quer que a Marie’s Garden seja um sucesso, e quanto mais gente trabalhando melhor. E nos deu a oportunidade de viajar também! Genial, não?
Muito! todos nós concordamos
Gente, não quero ser estraga prazeres, mas é melhor pegarmos nossos passaportes e irmos logo, porque partiremos daqui a alguns minutos avisou Andou.
Fomos de pressa ao gabinete de atendimento, mostramos nossos passaportes (eu tive alguns sufocos até achar o meu, mas tudo bem) e fizemos nossos checkins.
Minutos depois nós entramos no avião, assim como Andou tinha nos avisado um pouco antes. Decidi me sentar ao lado da janela, para observar a paisagem. Makoto sentou-me ao meu lado, e estava sério, mas parecia calmo. Kana-chan não desperdiçou a oportunidade para se aproximar de Andou (pelo menos no avião) e Rumi-chan e Hanabusa estavam entretidos em uma conversa de amigos, falando sobre decorações e doces com flores (a especialidade dele, para variar, mas os dois compartilhavam o mesmo gosto...).

Mas, o mais importante de tudo isso (que todos sabíamos e tínhamos plena consciência disso) é que nós estávamos indo rumo ao nosso destino, em direção ao nosso futuro...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Impressões finais do dorama While You Are Sleeping

Annyeonghaseyo chingus! Eu não ia fazer resenha agora sobre While You Are Sleeping, mas o dorama estava tão bom que foi impossível deixar minhas observações para depois. Olha a sorte de vocês kkkkkk Podem ficar tranquilos, a resenha não posssui nenhum grande spoiler, apenas alguns fatos importantes.

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1