Pular para o conteúdo principal

[Resenha] Live Action/J-Drama: Good Morning Call

Título: Good Morning Call 
Título Original: グッドモーニング・コール
Número de Episódios: 17
Emissora: Fuji TV 
Ano: 2015
Disponível em: Netflix 
Gêneros: Shoujo, Slice of Life, Escolar, Colegial, Romance e Comédia

Good Morning Call (2015) é uma adaptação televisiva do mangá de mesmo nome, escrito por Takasuka Yue, que foi publicado no ano de 1997.

A história se passa no último ano do Ensino Médio, os quais resolvem sair de casa.
O que eles não sabiam é que eles tinham alugado o mesmo apartamento. Desta forma, eles precisam morar juntos, já que é lá que decidiram que ficariam e precisam aprender a conviver um com o outro

Yoshikawa Nao (Haruka Fukahara) é uma garota meiga e dócil, cuja melhor amiga e companheira é Marina, que estuda na mesma sala que ela. Ela mesma decidiu que sairia de casa, mas com a condição de que ficasse acima da média. Caso contrário teria que retornar a sua casa.

Uehara Hisashi (Shun'ya Shiraishi) por sua vez é extremamente inteligente, porém fechado sentimentalmente. A única garota por quem já se apaixonou verdadeiramente foi Yuri, que na verdade é sua cunhada. Um pouco infantil, mas também esforçado, trabalha bastante para pagar a moradia. Pelo fato de ser órfão seu irmão mais velho sempre lhe deu de tudo, mas em plenos 17 anos, o rapaz percebeu que não podia apenas depender do irmão para tudo, mas sim conseguir por mérito e esforço e por isso, decidiu que sairia de casa e "faria a sua experiência" por si mesmo desta vez. Além de que, ele não aguentaria morar no mesmo teto que Yuri, seu antigo amor, sabendo que ela está casada com seu irmão, e que sendo assim, seu amor nunca seria correspondido

Por causa do fato de estarem morando no mesmo apartamento, surgem na escola boatos de que estavam namorando. Desta maneira, para aliviar os ânimos, Uehara sugere a Nao que eles finjam estar namorando. Entretanto, com o passar do tempo, e com a convivência do dia a dia, ambos começam a se conhecer melhor e realmente começam a se gostar e a ter sentimentos um pelo outro.
Em meio a este romance, há muita cumplicidade, amizade, intrigas, desentendimentos e reconciliações.
Nao precisa urgentemente escolher quem é mais importante na vida dela, e quem ela realmente ama: Daichi (um amigo de infância a quem sempre considerou um irmão mais velho), Issei/Icchan (filho do dono de um restaurante de lâmen) ou Uehara Hisashi, o mais popular da escola, e seu companheiro para tudo, inclusive para dividir um apartamento e tomar pudim de leite!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Impressões finais do dorama While You Are Sleeping

Annyeonghaseyo chingus! Eu não ia fazer resenha agora sobre While You Are Sleeping, mas o dorama estava tão bom que foi impossível deixar minhas observações para depois. Olha a sorte de vocês kkkkkk Podem ficar tranquilos, a resenha não posssui nenhum grande spoiler, apenas alguns fatos importantes.

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…