Pular para o conteúdo principal

[Fanfic] A Disputa pela Princesa - Capítulo 5

Capítulo 5 – Amigos ou rivais?

Ok Taecyeon
Instantes depois de minha mãe e de Taeyeon se despedirem de mim, chegou um carro oficial do Governo até a minha casa me buscar, fato que atraiu a atenção de inúmeras pessoas ao meu redor ou que me conheciam, ainda mais por estar vestido com o uniforme da Seleção.
Entrei no carro discreta e rapidamente (não estava tão acostumado a várias pessoas me olharem ao mesmo tempo, como se eu fosse uma celebridade ou algo assim) para que pudesse partir. Sentei-me no banco de trás, e vi que lá haviam mais três selecionados.
Cumprimentei-os com um “olá” alegremente e um pouco forçado, ao que um dos rapazes me respondeu:
Olá, sou Nichkhun, muito prazer. E ele é Choi Jin Hyuk ele me informou, apontando para um outro Selecionado.
Prazer em conhecê-los foi a minha resposta imediata, fazendo ambos assentirem e abrirem um sorriso de leve como uma resposta silenciosa às minhas palavras. Eu já sabia o nome deles, pois fiquei a semana inteira memorizando os nomes e rostos de meus concorrentes.
“Ah, concorrentes. É apenas isso que eles são mesmo?” refleti, subitamente, pensando no que A Seleção e os participantes poderiam ser para mim, afinal até mesmo a Princesa havia sugerido que o evento fosse uma oportunidade para fazer amizades, e para ser franco, nunca tive muitos amigos, e com isso esperava que pelo menos pudesse ter alguém para se chamar de “colega”. Mas, pensei positivo; só pelas fotos que havia visto na semana anterior e pela primeira impressão que tive, dava para ver que eram bons rapazes. 
Havia filmes, comidas e drinks, mas decidi apenas beber alguma coisa e ficar na minha durante um tempo. E, por incrível que pareça, só porque estava pensando no quesito “amizade”, Nichkun decidiu tomar a palavra, ao nos interrogar:
O que vocês pensam sobre nós, Selecionados? Apenas como rivais?
Não podemos pensar assim alegou Jin Hyuk, de maneira reconfortante Nunca pensaram que pudessem encarar os caras, ou nós mesmos como “colegas” ou amigos?
Se pensar desse modo, tem razão Nichkhun respondeu, e eu assenti com a cabeça, concordando com a opinião dele.
Para mim vocês são todos meus concorrentes, ou rivais, se quiserem chamar, mas só isso! Disse uma voz séria e um tanto presunçosa, soando como se não fosse nada de mais, e que até o momento não havia se manifestado de forma alguma, acreditem se quiser; ele permaneceu totalmente calado, não cumprimentou na hora que cheguei, nem sorriu, nem nada disso. Desde aquele instante até o momento ele só ficou no canto da janela como quem está no maior tédio, apenas esperando para que chegássemos ao Palácio.
Aquele seria... disse olhando aos demais, com ar de dúvida, (às vezes é bem refrescar a memória), mas também para puxar conversa, apontando para o rapaz ao lado da janela.
Aquele é Hoya Nichkhun se pronunciou rapidamente, e Hoya apenas assentiu, com aquele olhar de quem passa a mensagem subliminar: Já deveria saber meu nome cara, ou você não sabe nem quem são seus rivais de agora em diante?
Lee Ho Won, mais conhecido como Hoya era do tipo atlético, cabelos castanhos e com um físico perfeito. Mas de alguma forma havia alguma coisa que me incomodava, fato que achei melhor omitir, para não causar constrangimento ou atmosfera pesada bem no caminho para o nosso destino.
Depois disso conversamos sobre coisas diversas, tais como nossos gostos, hobbies e até mesmo sobre A Seleção. Agradecemos uns aos outros pela companhia (e talvez, só talvez) A Seleção poderia ser realmente divertida! A conversa estava interessante, pelo menos para a maioria de nós naquele carro, menos para Hoya, que estava entediado (não sabíamos se era por conta dos assuntos ou porque ele era mais na dele) e decidiu tirar uma soneca. Ainda bem, porque a conversa que se iniciou um tempo depois não seria nem um pouco agradável a ele ouvir; no mínimo teria bate bocas e coisas do gênero se estivesse acordado.
O que pensam sobre... Hoya? Choi Jin Hyuk indagou, olhando para mim e para Nichkhun, a espera de uma resposta.
Como assim? Perguntei-lhe, sem entender muito bem o sentido da pergunta, mas já sabndo que a conversa entre nós seria altamente séria
Como se sentem em relação a ele? Choi explicou-nos após escolher as palavras certas.
Ah... dou um longo suspiro, como quem acaba de entender do que se tratava
Para ser honesto, eu me sinto meio... — Nichkhun começou a frase, mas não a terminou.
Incomodado? — Completei para ele
— É! — Ele exclamou — Mas como sabe disso?
— Porque está escrito na sua cara — falei com bom humor, e rimos baixinho, para não acordar o cidadão dorminhoco — E eu também me sinto assim...— admiti
— Verdade? Os dois me questionaram, surpresos
Sim. Só não falei nada antes para não haver nenhum conflito nem nada do tipo entre nós, para não deixar um clima chato. Além de que não sabia que vocês se sentiam da mesma forma que eu e que esta conversa viria à tona.
— Nenhum de nós fazia ideia disso — comentou Choi Jin Hyuk, calmamente — Mas acho que é praticamente impossível não se sentir assim ao estar perto dele.
Concordamos com ele
— Mas não se preocupem. — Continuou — Pessoas assim são eliminadas facilmente.
Nós três nos entreolhamos, provavelmente pensando a mesma coisa, que não era nada a menos que: “Vamos torcer para que isso aconteça. ”

Então, agora eu sabia que além de rivais, havia duas pessoas a quem chamar de amigos

20 minutos depois...
Chegamos ao Palácio, o qual tinha uma vista impressionante e claro, não pude deixar de notar a sua grandiosidade em todos os aspectos. Adentramos o local de maneira silenciosa e com postura. Logo que chegamos uma pessoa nos cumprimentou e nos disse:
Nossos quatro últimos candidatos chegaram anunciou
É isso mesmo Hoya diz, todo gentil e
simpático                                                                                                                                  Ah, então é esse é o jogo dele pensei comigo. Que bom saber. Agora eu tinha duas vantagens em relação ao Hoya porque (1) agora eu descobri uma de suas cartas, mas (2) ele não sabe nenhuma das minhas cartas. Melhor para mim.
Segundos depois, dois homens nos conduziram até onde deveríamos ir ao passo que iam mostrando alguns dos cômodos para nós. À direita ficava a sala de jantar e à esquerda se encontrava o Grande Salão, onde havia inúmeras pessoas a andar de um lado para o outro rapidamente (bem rápido mesmo). Ao adentramos o local, um de nossos guias anunciou:
— Aqui estão eles, senhor Lee
Ótimo foi a resposta simplória de um homem, que, ao meu ver, parecia ser um dos responsáveis. Dirigindo-se aos funcionários, aconselhou que se retirassem para que pudesse falar apenas conosco, os Selecionados. Os funcionários imediatamente fizeram menção de se retirar a fim de atender ao pedido, e assim se fez.
Com saída dos dois, ele se virou para nós e disse:
Sou Lee Kyu Han se apresentou Conversei com cada um de vocês por telefone, lembram-se?
Assentimos afirmativamente.
Eu serei o instrutor de vocês a partir de agora — ele nos informou — vocês vão ter que se preparar para hoje à noite, quando transmitir um programa especial a respeito da chegada dos senhores ao Palácio, pois é muito importar registrar este momento significativo para a Seleção. Nos próximos dias vocês comparecerão ao The Korea Times. Por ora, por favor venham aqui ele ordenou, apontando para onde haviam cadeiras em frente a um biombo para tirar fotos. Fomos até lá e assim que chegamos, Lee Kyu Han já começou a nos instruir:
Primeiramente serão as fotos do antes. Informou, e nós concordamos com um aceno de cabeça Não se preocupem com as câmeras, uma vez que faremos um especial da transformação de vocês. De fato, haviam várias câmeras a nos filmar de perto e a fazer entrevistas. As fotos duraram um bom tempo e fomos fotografados sob diversos ângulos, porque segundo as instruções tudo precisava estar perfeito e os Selecionados precisam ser a Inspiração do País”. Após a Seção Fotográfica, Lee Kyun Han nos direcionou a uma sala onde estavam algumas pessoas responsáveis por preparar os Selecionados para o evento daquela noite
Chegando lá, um homem de cabelos castanhos e estatura média me disse:
Precisamos conversar a respeito de sua imagem
Minha imagem? respondi, devolvendo-lhe a pergunta
Sim. Que impressão deseja passar?
Na verdade, a mais simples e natural possível. Quero que me vejam como sou — me expliquei — E não vou mudar a minha aparência da noite para o dia apenas para impressionar uma garota que nem ao menos conheço, muito embora ela seja a Alteza Real desse país.
— Compreendo. Então não vamos muda-la, apenas melhorá-la
— Tudo bem — foi a minha resposta imediata

[...] Depois de tudo, a última coisa que tive que fazer foi escolher meus trajes; escolhi um smoking preto e uma gravata vermelha. Simples assim, nada demais. Aquela foi a coisa mais rápida que havia feito naquela tarde, durou menos de cinco minutos, que alívio (após passar 1 hora e meia cuidando da aparência, fazer algo em menos de cinco minutos era uma maravilha, e do jeito que eu gostava; prático, rápido e simples). Instantes após me vestir adequadamente, ocorreu a segunda sessão de fotos, desta vez as do depois”, e novamente vários flashs surgiam diante de mim, fotografando sob diversos aspectos. Essa sessão passou até mais rápido que imaginei que seria, e as luzes rapidamente cessaram.

E para quem achava que as surpresas daquele dia acabariam, tão logo veio um dos funcionários me falar a respeito de algumas instruções sobre uma recém papelada por causa do especial. Concordei com seus dizeres de forma obediente e alguns minutos depois, ele se retirou. Durante um pequeno intervalo de tempo tive aquela paz de todo dia, que estava querendo há horas. Sem tumulto, burocracia, nem pessoas me dizendo para onde ir de hora em hora. Mas, como tudo que é bom dura pouco, a minha santa paz se esgotou quando vi uma luz de câmera se aproximar e a voz de Lee Kyu Han dizer:
Senhor Ok Taecyeon, está pronto?
Sim, com certeza respondi de maneira confiante
 Em seguida, foi a vez do entrevistador me interrogar:
Como se sente após a transformação de hoje?
Acho que conseguiram realçar e valorizar a beleza natural de cada um dos candidatos presentes e, por isso, sinto bem melhor e mais renovado, com toda a certeza forcei um sorriso para a câmera. E mesmo que não estivesse muito acostumado a dar entrevistas, responder àquela pergunta (e às que viriam na sequência) era bem melhor e mais fácil do que falar com uma multidão de gente que fica te encarando o tempo todo, tudo por causa desse Concurso.
Hoje é seu primeiro dia de sua estadia aqui no Palácio. Como está se sentindo até agora?
Pensei bem. Afinal eu estava no Castelo há apenas algumas horas. Entretanto, resolvi responder da forma que todos queriam ouvir, e da maneira que um futuro príncipe herdeiro responderia:
A hospitalidade é ótima aqui, por isso, modéstia parte, sinto-me confortável, e tem sido uma oportunidade única e uma experiência excelente, além de ser extremamente surpreendente
— Dias ainda mais incríveis estarão à sua espera, meu caro — o entrevistador comentou
Concordei com ele, em partes.
— Tem toda a razão, mas honestamente espero que sejam menos agitados do que hoje
Está difícil acostumar-se aos afazeres no Castelo?
Um pouco, mas é apenas uma questão de tempo. Logo, com certeza estará tudo nos eixos.
Compreendo, senhor
Até agora, o que achou da concorrência?
Os demais Selecionados estão sendo extremamente amigáveis comigo, então posso encará-los como companheiros “com suas raras exceções” pensei comigo, mas não o disse E a concorrência tomará seu rumo naturalmente.
Belas considerações, meu jovem. Agradeço-lhe pela atenção o entrevistador disse cordialmente, fazendo menção de que a nossa conversa já havia chegado ao fim.
O prazer foi meu, senhor digo-lhe da mesma forma
Agora pode se sentar ali ele apontou para um sofá circular não muito distante de onde estava que logo chegará algum responsável por você.
Fiz o que ele pediu e me dirigi ao sofá, onde estavam alguns dos Selecionados e percebi que meus colegas Choi Jin Hyuk e Nichkhun estava lá também.
Oh, chegou mais um disse Hoya, cuja voz eu reconheço muito bem (ainda que ele tivesse aberto a boca só umas duas vezes) e que não perde a chance de fazer comentários desse tipo. Quase me esqueci que aquele antipático também estava a postos. Além deles haviam mais dois rapazes conosco, a quem ainda não conhecia: Lee Min Ho e Lee Seung Gi. Nos cumprimentamos e nos apresentamos uns aos outros e começamos uma conversa sobre os fatos de hoje, desde nossa chegada e sobre o que cada um achava da Seleção. Não sabia o porquê, mas estava com a leve impressão de que Min Ho e Seung Gi seriam fortes concorrentes pela mão da Princesa. Contudo, antes que pudesse pensar no motivo disso, Lee Kyu Han se aproxima e nos diz:
Estão prontos?
Sim respondemos todos em coro, com a confiança na voz
Pois bem, vou fazer um tour com vocês pelo Palácio e depois lhe mostrarei seus aposentos
Tudo bem concordamos em coro, novamente
Nichkhun estava com os olhos brilhando por conta da notícia e nos levantamos para sair. Kyu Han nos contou que aquele é o Salão dos Homens, onde o rei e algumas pessoas da realeza ficavam
Acostumem-se a este Salão ele nos avisou É onde vocês passarão a maior parte do tempo, cavalheiros
Assentimos, sem dizer uma única palavra, e o instrutor continuou:
Quando chegaram, avistaram o Grande Salão, que é usado para eventos maiores como festas e alguns banquetes concedidos pela Coroa. À esquerda dele está a Sala de Jantar, onde vocês terão suas refeições juntamente à Família Real Coreana. Ao chegarmos à Sala de Jantar percebi que cada um de nós tínhamos os nossos lugares reservados; eu me sentaria ao lado de Nichkhun e de Yoo Seung Ho
Vocês terão suas refeições em grupo para quer possam interagir e se conhecerem melhor o instrutor aproveitou a deixa para dar este aviso. Ao escutar isso, Hoya pouco gostou do que tinha acabado de ouvir e fechou a cara. Entretanto, pela primeira vez desde que o conheci, não tiro sua razão; eram coisas demais, instruções demais e pessoas demais. E desde que cheguei a única coisa que quero é ficar quieto no meu canto
Depois foi a hora de subir as escadas e de conhecermos a “área proibida”, ou seja, os aposentos da realeza, que logicamente era restrita a nós. Logo, ficamos sabendo que não poderíamos sair de maneira alguma do Palácio, e somente ir ao jardim com permissão de alguém
Isto tudo é em nome da segurança de vocês, ainda mais por causa dos ataques rebeldes dos últimos tempos Kyu Han tomou a palavra. Era verdade, nos últimos meses houveram notícias de ataques rebeldes que eram contra a Monarquia e queriam derrubar a Coroa a qualquer custo. Sob esse aspecto, todos precisávamos estar cientes e tomar cuidados para que eventuais acidentes não ocorressem, ainda mais no período da Seleção na qual a escolha do futuro príncipe herdeiro era crucial a todos do País; a Nação inteira esperava por isso e a partir de agora acompanhariam cada passo.
Finalmente o último aviso do dia foi que as nossas coisas já estariam em nossos aposentos e que já poderíamos ir para o quarto se quiséssemos desde que duas horas depois estivéssemos no andar de baixo para a transmissão do Especial. Segui o conselho do Kyu Han e me dirigi ao quarto, onde avistei minha criada, que cuidaria de minhas necessidades. Os outros rapazes também optaram por ficar por lá durante um certo tempo ao que parece, mas cada um tinha seus planos, vai saber. Finalmente poderia descansar um pouco após um dia de agito, entrevistas, passeios e afazeres.

2 horas mais tarde
[...]Desci as escadas e fui ao Salão Principal, onde seria transmitido o Especial sobre “A Chegada dos Selecionados” ao Castelo. Fui um dos primeiros a chegar no local, mas aos poucos, os demais também iam adentrando o local com extrema compostura. Pontualmente às 18h30min deu-se início à transmissão em escala nacional
E hoje receberemos nossos ilustres candidatos a ser o próximo príncipe da Coreia. anunciou Lee Dong Wook, o apresentador responsável pelos diversos tipos de programas dos quais participaríamos.
Estamos aqui com o senhor Lee Ho Won, de Busan Hoya já estava “se sentindo” com um meio sorriso presunçoso no olhar, ao mesmo tempo que demostrava sua simpatia às câmeras. Mas, de outro lado, não se podia negar que ele chamava a atenção de muitas pessoas, por causa de seu porte físico, característica que Dong Wook fez questão de destacar em sua apresentação.
Milagrosamente, eu fui o próximo. Quando se anunciou meu nome, fiquei surpreso por ter sido tão rápido assim, mas tentei parecer o mais tranquilo possível, uma vez que queria causar uma boa impressão e esbocei um sorriso de leve. O apresentador me descreveu como alguém decidido e competente, e modéstia parte que eu sou bem determinado.
Na sequência, apresentou-se Lee Seung Gi, o qual também não perderia a chance de ter a Alteza. O rapaz sorriu de ponta a ponta e recebeu muitos elogios por suas habilidades e competências, atraindo inúmeros olhares em sua direção.
Logo, Dong Wook continuou:
Choi Jin Hyuk meu amigo realmente demonstrava sua simpatia e calmaria no olhar, e estava tranquilo como de costume. Este simpático rapaz, além de extremamente habilidoso é carismático e sábio para lidar com as pessoas e situações, e não por acaso, precisou de mais de uma hora para se despedir de suas fãs o apresentador nos revelou, com energia na voz, fazendo-o corar e surpreendendo a muita gente, inclusive a mim
Nichkhun por sua vez acenou para as câmeras e exibia claramente seu contentamento por estar na Seleção ao sorrir. Foi descrito como alguém amável e compreensível
O próximo foi Lee Min Ho, a quem julgava ser misterioso, e que apesar de ser amigável, não poderia esquecer que ele seria um dos meus maiores rivais
Agora estamos com Lee Min Ho ele estava calmo, porém sério e de alguma maneira atraía a atenção de todos nós ali presentes, até mesmo do apresentador. Sua seriedade e compostura eram admiráveis, e com certeza várias garotas o admirariam por isso. “Até mesmo a Princesa”, refleti. Calma, por que eu estava pensando na Princesa, hein? Afinal, nem a conheço, e garotas são todas iguais.... Eu precisava parar de pensar na Princesa! Ah, se precisava!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Impressões finais do dorama While You Are Sleeping

Annyeonghaseyo chingus! Eu não ia fazer resenha agora sobre While You Are Sleeping, mas o dorama estava tão bom que foi impossível deixar minhas observações para depois. Olha a sorte de vocês kkkkkk Podem ficar tranquilos, a resenha não posssui nenhum grande spoiler, apenas alguns fatos importantes.

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…