Pular para o conteúdo principal

[Fanfic] A Disputa pela Princesa - Capítulo 4

Quando vi na televisão que eu fui Selecionado, fiquei sem acreditar. Não conseguia acreditar que aquilo era realmente verdade. Justo eu, que não queria nem tentar, agora estava entre os 35 Selecionados que disputariam pela mão da Alteza (e pelo seu coração). Agora que isso estava certo, havia dois fatos consumados: (1) Teria realmente que deixar Taeyeon para trás, como já havia previsto e (2) eu teria que sair do meu trabalho de meio período, então, os meus dois terços de salário já eram! A única pessoa que ficou contente com a notícia foi a minha mãe, logicamente, que teve seu “sonho realizado” por assim dizer.
Mas, diante dessa situação, só havia uma coisa que eu poderia e deveria fazer: Falar com a minha amada vizinha: Kim Taeyeon.
Mandei uma mensagem para ela, dizendo para nos encontrarmos logo, pois precisávamos conversar.
“Onde?” ela perguntou, em resposta imediata a minha mensagem.
“Onde for melhor a você: pode ser aqui em casa ou na sua”
“Okay, venha para cá. Estou sozinha mesmo”
“Tudo bem, estou a caminho”

Em poucos minutos, eu cheguei a casa dela. Realmente o local estava vazio, então era perfeito para que nós tivéssemos aquela conversa a sós, sem ninguém para nos interromper.
Sobre o que você quer falar?
Escute-me pedi a ela E escuta bem
Tudo bem, o que foi? ela estranhou a minha maneira autoritária de falar, já que eu quase nunca falava assim com alguém, muito menos com uma garota.
Eu entrei para a Seleção. Fui um dos Selecionados. eu revelei
E isso não é bom? ela me questionou, confusa.
Não para nós eu aleguei Olha, não sei como dizer isso, mas...
Fala logo! ela já estava ficando desesperada, por causa do “suspense” que estava fazendo.
Aquilo que eu diria a ela com certeza se pareceria com uma triste canção, daquelas que você sente a tristeza ao escutá-la, mas eu estava a procura de palavras de que pudessem ser substituídas por um mero “adeus”. Então resolvi lhe dizer, de modo a acalmar o clima entre nós, e atenção que tomava conta da garota:
Eu prometi que ia te abraçar estar aqui todos os dias com você, te acompanhar sempre, ter a sua mão junto a minha quando quisesse, mas eu acho que agora está na hora de ambos seguirmos nossos caminhos, e experimentarmos novos ares...
  Você está sugerindo que... ela começou a entender a minha mensagem indireta e estava com a expressão a ponto de chorar.
Sim, Kim Taeyeon... Acabou. Não vamos mais nos encontrar eu lhe disse.
Mas eu disse que ia te esperar....
Eu sei, mas eu te conheço, e sei como você é carente por trás da sua personalidade forte. E eu quero que você seja feliz, encontre alguém que te ame, como eu te amei. Vou continuar te amando, só que não será do mesmo jeito de antes. Apenas isso.
— “Apenas isso” — ela repetiu — Como pode dizer isso?! — ela soou indignada
Querida, não me entenda mal Eu lhe pedi, acariciando-lhe os cabelos morenos e sedosos.
Querida? Quem você chama de “Querida”, Taecyeon?! Se gostasse mesmo de mim, não desistiria de nós! ela gritou
— E você acha que eu quero terminar com você? indaguei, no mesmo tom e com a voz mais calma, prossegui: O tempo que passamos juntos foi especial; na época em que crescemos juntos e descobrimos como nos sentíamos, você me deu a luz. Mas agora está na hora de procurá-la novamente, Taeyeon.
Nenhuma resposta. Ela estava imóvel e completamente calada
Por favor, me prometa que encontrará a felicidade e o amor novamente. E me perdoe supliquei a ela Não deixar esse clima chato e entre nós, e lembrar que a última vez que nos vimos acabou em uma briga!
— Tudo bem, eu te perdoo, só porque foi sincero da sua parte falar essas coisas pra mim.
Amigos, pelo menos?
Amigos ela concordou, com um sorriso fraco.

Fui para casa, e esperei a noite cair. Não queria pensar em mais nada, muito menos na Seleção, aquilo já estava me dando nos nervos, especialmente depois de ouvir minha mãe falar o mês todo desse bendito assunto, e de Taeyeon ter gritado comigo pela tarde por conta disso. Já era dor de cabeça o suficiente. Tentei adormecer tranquilo, apesar de a consciência continuar a pesar.
No dia seguinte, e nos dias em que se seguiram, recebi vários telefonemas e comunicados sobre “A Seleção” (como se tivesse outro assunto para tratar). Sem contar que, a semana toda, dia após dia, vinham funcionários do governo esclarecer como seria o Concurso e demais detalhes pessoais do candidato. A primeira visita foi de um homem que veio falar sobre as medidas de segurança que deveriam ser tomadas enquanto estivéssemos no castelo e como funcionaria.
Em seguida, recebi uma chamada telefônica de Lee Kyu Han, o qual perguntava se eu precisava de alguma coisa específica, mas respondi que estava o.k. Depois, veio outra pessoa me visitar para saber as medidas de minhas roupas, que usaria no Castelo e, por fim, a última visita foi de alguém que veio dois dias antes de eu partir. Ele começou fazendo perguntas bem pessoais para ser franco
Desculpe a indiscrição, mas preciso fazer algumas perguntas extremamente íntimas neste primeiro momento, mas que são necessárias. Compreende?
Claro respondo naturalmente
Vi o resultado de seus exames médicos, e o senhor está em perfeitas condições ele me disse. “Ainda bem”. Penso comigo.
Agora, preciso saber se o senhor é virgem ele anunciou.
“Ah, então essas eram as perguntas necessariamente íntimas que ele precisava investigar”
Está falando sério? questiono, atônito.
Sim ele falou seriamente Seja franco, por favor.
Sou virgem sim. E estou falando a verdade
Obrigado. Agora vou prosseguir para o regimento do Concurso
Assenti, concordando com a cabeça
A Seleção pode demorar dias, meses ou anos ele iniciou.
Anos?!
Sim, mas é improvável que demore tanto, pois não ficaria bem para imagem da Família Real demorar tanto tempo para eleger um príncipe herdeiro.
Compreendo.
Você não determina os horários que passará com a Princesa. É a Alteza que escolhe quando e com quem quer passar seu tempo. Tirando este fato, o candidato tem todo o direito de desfrutar ao máximo o tempo que terá com ela, de modo a ambos se conhecerem melhor, porque esse é o intuito principal nestes momentos.
Não respondo, deixei que apenas prosseguisse com as instruções e estava atento a tudo o que dizia.
A eliminação dependerá única e exclusivamente de como a Princesa vai querer fazê-la. Algumas vezes, ela eliminará os candidatos, e em outras e ela pode deixar por livre e espontânea vontade do rapaz. Mas, repito: Isso dependerá dela. Caso você seja escolhido por ela, se casará com a Alteza e toda a sua família também pertencerá à Família Real. Compreende?
Sim.
Bom, então estamos conversados. Ah!— ele exclamou, com a expressão de quem acabou de se lembrar de algum detalhe importante Isto não é e nem será uma regra, mas se possível, nunca negue um desejo da Princesa, para não desapontá-la.
“Ah, maravilha! Teria que fazer as vontades de uma Princesa Mimada agora? Que lindo!” Foi o pensamento que me veio à cabeça de imediato. Detestava garotas mimadas demais!

Dois dias depois...
Estava pronto para partir. Despedi-me de minha mãe que me desejou sorte e “avisou” para que eu tratasse bem a Princesa, uma vez que o privilégio de conhecê-la era para poucos. Fiz que sim com a cabeça, mas sem dizer nada. Por incrível que pareça, Taeyeon veio se despedir de mim. E ao que parecia ela estava com alguém...Um amigo, talvez. Estava feliz por ela, pelo menos estava cumprindo a promessa que havíamos feito dias atrás, esperava que também estivesse feliz por mim também, tanto quanto eu estava por ela. Agora eu estava a um passo da Seleção, a um passo de conhecer Sua Alteza Im Yoona. E uma nova etapa da minha vida se iniciaria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Impressões finais do dorama While You Are Sleeping

Annyeonghaseyo chingus! Eu não ia fazer resenha agora sobre While You Are Sleeping, mas o dorama estava tão bom que foi impossível deixar minhas observações para depois. Olha a sorte de vocês kkkkkk Podem ficar tranquilos, a resenha não posssui nenhum grande spoiler, apenas alguns fatos importantes.

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…