Pular para o conteúdo principal

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days
Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada
Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue
Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração
Tipo: Live-Action.
Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar
País: Japão
Onde assistir: Netflix 

1.   Introdução e comparativo com a primeira temporada.
Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens.
Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.
Já, na segunda temporada, quem se apaixona pelos protagonistas são os amigos do campus da universidade que os conhecem à medida em que convivem no local, entretanto, esses amigos (Natsume & Saeko, que serão mencionados mais à frente), são extremamente fiéis a Nao e Uehara, respectivamente, e guardam seus próprios sentimentos para não os machucar, nem interferir no amor deles. Deu uma imensa dó dos personagens secundários, principalmente do Natsume, que tem aquela personalidade alegre, calorosa, e que sempre pensa nos outros primeiro, e depois nele. Quem não se apaixonaria por aquela fofura em pessoa, hein? Diz como desapaixona, agora? Ok, respira, já deu o surto, Rebeca. (Mas quem quiser, pode surtar comigo à vontade).
Outra diferença é que desta vez, o triângulo amoroso se deu por conta de Natsume (melhor amigo de Uehara) e Saeko (amiga de trabalho dele), então, desta vez, os “problemas amorosos” se deram por conta dos relacionamentos de Uehara, que tem dificuldade de expressar suas emoções, mais um motivo pelo qual o enredo ganhou mais profundidade.
2.   Personagens, enredo, elenco e temáticas abordadas
Uehara Hisashi (Shiraishi Shunya): Estudante do primeiro ano da Universidade de Tokyo, ficou apelidado pelas garotas de “Mr. Campus”, por acharem que ele é o “cara perfeito”. Conhece Natsume por acaso, na hora do almoço, de quem se torna amigo. Mora ao lado de Yoshikawa Nao, sua namorada. Trabalha meio período como assistente no laboratório de química com Kumanomido Saeko, a pedidos da mesma, após se demitir de seu emprego na cafeteria.
Yoshikawa Nao (Fukuhara Haruka) : Continua a mesma dorminhoca e atrapalhada de sempre, mas com um coração enorme. Durante a trama, tenta resolver os “problemas amorosos” de seus amigos, porém está em conflito com seu próprio coração. Sua melhor amiga, além de Marina, é Ota, colega da universidade, com quem participa do clube de artes/costura. Nao trabalha meio período em uma loja de presentes juntamente com Natsume.
Natsume Shu (Sugino Yosuke): Conhece Nao e Hisashi no primeiro dia de aula ao acaso. Ele é gentil com todas as garotas, tendo fama de “conquistador”, mas na verdade, é apenas parte de sua personalidade terna. Órfão de mãe, ele cuida de sua irmã Airi sozinho, e por isso, sempre procura ajudar os outros, e assim como Nao, pensa primeiro nos que estão ao seu redor, colocando-se o tempo todo em segundo plano. Secretamente, nutre uma paixão e um amor pela protagonista, que não se dá conta dos sentimentos do rapaz, porque ingenuamente o vê apenas como um bom amigo.
 Kumanomido Saeko (Takahashi Maryjun): Pesquisadora no ramo de química da universidade de Tokyo. Extremamente esforçada fica horas ou dias sem dormir por causa de seu trabalho. Odeia o sobrenome, então se apresenta apenas como “Saeko”. Persistente, determinada e fechada sentimentalmente, possui o mesmo temperamento que seu companheiro de trabalho Uehara Hisashi por quem secretamente é apaixonada.
Marina (Arai Moe) & Mitsushi (Nagashima Shugo) : São os amigos da Nao desde o Ensino Médio. Atualmente estão com problemas com seu relacionamento à distância, já que Mitsushi (Mi-chan) foi para outro estado estudar veterinária.
Shinozaki Daichi (Sakurada Dori): Segundo ano da Universidade de Tokyo, é um dos mais populares da faculdade e membro do time de basquete.
Nanase Rin (Sagara Itsuki): Pertencente à mesma turma de Daichi, é apaixonada por ele, e faz de tudo para se aproximar do mesmo.
Abe Jun (Nagasawa Koya): Continua com a mesma personalidade de sempre, no entanto, atualmente faz parte do clube de teatro, sendo roteirista de uma peça.

O que eu mais gostei de ver foi que durante a trama, os personagens começam a pensar sobre suas próprias atitudes em relação à pessoa amada, ou perante algo que se deseja muito alcançar profissionalmente, como no caso da Saeko-san. A partir de então, temas como autoconfiança, autoestima, persistência, amadurecimento e sinceridade são abordados nos capítulos. Conselhos e brigas entre amigos (as) também estão inclusos no pacote!
O enredo se enfocou mais no romance dos protagonistas em si, e temas familiares como aconteceu com a presença da Yuri, e dos pais da Nao na temporada anterior, não foram explorados nessa. Contudo, o tema de “família” é levemente tratado com algumas revelações de Natsume, e a aparição da pequena Airi, que ama muito seu irmão mais velho e é super curiosa, espontânea e alegre.
Achei que todos os atores interpretaram muito bem cada um dos personagens e deu para sentir as emoções de cada um. Cada vez mais me impressiono com a Haruka-chan, que desta vez, deu vida à Nao do seu jeito doce e meigo, e me emocionou mais do que da última vez. Uma ou outra cena poderia ser mais intensa, mas isso pode ser melhorado ao longo do tempo e de suas experiências como atriz.
Além dela, uma personagem à qual me apeguei muito foi a Saeko. Nunca tinha visto nada com essa atriz, todavia, ela me conquistou com esse papel. Na minha opinião foi a que mais demonstrou seus sentimentos ao interpretar. Quero ver mais trabalhos com ela!

Conclusão:
Apesar da trama simples, sem muitas reviravoltas, tendo características típicas do gênero shoujo, essa temporada me prendeu do início ao fim, envolvendo-me devido ao sentimentalismo que me trouxe. Espero que vocês leitores, que forem assistir a este drama, se divirtam e desfrutem tanto quanto eu, pois vale muito a pena!

Um beijo no coração de vocês,
Rebeca 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Destino Asiático] Conheça a Ilha de Jeju: A maior Ilha da Coreia do Sul

Primeiramente gostaria de dizer que essa coluna será realizada com 10 destinos da Ásia, para que possamos conhecê-la mais a fundo  Gostaria de agradecer a todos que apreciaram a primeira postagem dessa coluna, na qual falei sobre a China, em especial à Fabrinia Almeida por me encorajar tanto a fazer esse trabalho, e por me inspirar a escrever sobre. 


Introdução & Informações Gerais A Ilha de Jeju é a maior da Coreia do Sul, que foi criada há mais de 2 milhões de anos a partir de erupções vulcânicas, localizada entre o Mar do Japão e o Mar da China Oriental.  Com pouco menos de 2000 km2 de extensão, a apenas 64 km em relação à Península Coreana, é dominada pelo Hallasan, um vulcão extinto, rodado por sua vez, por 360 vulcões por Satélite. Jeju é composta por três principais características: ventos ostensíveis, rochas esplêndidas e mulheres, pois a população da mesma é formada por mais mulheres do que homens. Os residentes vivem da pesca, do cultivo de tangerinas e do turismo, tendo a a…

[Light Novel] A Tale of Two Phoenixes

Informações Gerais: Título: A Tale of Two Phoenixes  Autora: Tian Yi You Feng (天衣有风) País: China Idioma: Mandarim Ano: 2008 Gêneros: Ação, Aventura, Romance, Harém, Josei & Mistério Tags/Assuntos: Adaptado para Drama, Aristocracia, Nobreza, Harém Inverso e Protagonista Esperta. Status no País de Origem: Completo (288 capítulos)
Tradução: Em andamento Créditos de tradução: novelasd. com. (espanhol) Reading Attic (Inglês) Tradução ao português por: Rebeca A. Suzuki
Sinopse: O feito mais famoso dessa princesa foram suas palavras para seu irmão mais novo Liu Ziye. Quando ele se tornou Imperador, ela disse a ele: ― Ainda que Sua Alteza e eu sejamos de sexos diferente, somos os filhos do mesmo pai. Porque você pode dormir com tantas mulheres diferentes, enquanto eu devo ficar apenas com meu marido? Isso é muito injusto! E após o Imperador Liu Ziye ouvir essas palavras de sua irmã mais velha, ele ridiculamente pensou que isso fazia sentido. Então, ele imediatamente corrigiu seus “atos errôneo…

[Destino Asiático] Saiba tudo sobre a Cidade Proibida da China e a História que esconde

Hoje, estrearemos um novo assunto no blog. Na seção “Destino Asiático” abordaremos pontos turísticos de alguns países da Ásia, iniciando-se pela China, mais especificamente por Beijing. E neste dia, vocês conhecerão um dos lugres históricos mais marcantes ao redor do globo: A Cidade Proibida da China”. Aproveitem ao máximo e descubram tudo sobre essa maravilha!
A Cidade Proibida “Cidade Proibida” é a denominação do complexo palaciano que há em Beijing, situado no coração de Pequim. Talvez seja o maior complexo imperial do mundo. Recebeu essa denominação porque naquela época, as pessoas não podiam adentrá-la sem permissões especiais, e somente os cortesões poderiam ter audiências com o Rei. Os únicos que tinham acesso ao lugar era a Família Imperial, as Rainhas e seus incontáveis eunucos. O monarca possuía grande simbolismo, pois a “trindade” segundo as crenças chinesas era composta pelos Céus, pela Terra e o Homem, sendo que o Rei era considerado “filho dos Céus. ” Seja como for, a “C…